Skip to main content
Original para a Internet

Nosso valor não é limitado pela idade

Da edição de outubro de 2019 dO Arauto da Ciência Cristã

Publicado anteriormente como um original para a Internet em 9 de julho de 2019.


Uma amiga, que estava procurando emprego, foi informada repetidas vezes por empregadores em potencial que não havia vaga para ela. Diariamente ela persistiu nessa procura, mas depois de alguns meses começou a suspeitar que, apesar de suas qualificações, ela havia passado da idade para quaisquer oportunidades de trabalho.

Inicialmente, isso a desanimou. No entanto, ela não é o tipo de pessoa que fica desanimada por muito tempo. Ao longo dos anos, ela constatou como é bom devotar algum tempo, todos os dias, a aprender algo mais a respeito do Espírito divino e assim obter um senso mais espiritual sobre sua vida. Ela aprecia muito esses momentos de oração, inspirados pelo desejo sincero de conhecer e sentir o ilimitado amor de Deus. Além disso, ela já vivenciou o poder desse amor que a conduziu triunfalmente a vencer a doença, a falta de suprimento e outros problemas. Só de pensar nas poderosas experiências de cura que teve, ela já se sente fortalecida, quando as coisas parecem especialmente difíceis.

É impossível exaurir o propósito das criações do Espírito eterno.

Portanto, quando ela se deparou com essa aparente barreira, impedindo-a de ser útil tanto quanto ela achava possível, continuou se apoiando em seu amor por Deus para se inspirar. Não pediu a Deus para lhe dar um emprego. Em vez disso, pensou na situação a partir do ponto de vista espiritual que lhe havia sido útil antes, e isso lhe deu uma perspectiva inteiramente diferente. Em suas orações, ela aceitou e afirmou a ideia de que cada um tem sua origem em Deus e que, portanto, todos somos necessários, inclusive ela. Como o semelhante produz o semelhante, as criações do Espírito eterno jamais podem exaurir seu propósito nem dissipar sequer um pouco de seu valor. Nossa força e valor sempre permanecem.

Na Bíblia, o Salmista escreveu que nós vamos “indo de força em força” (Salmos 84:7). Isso significa muito mais do que simplesmente ter um senso de força espiritual, apesar da idade, apesar de uma mente e corpo frágeis. Em realidade, é a compreensão de que o Espírito divino se expressa na sua criação o que traz força para a mente e para o corpo. Ao invés de estar confinada ao conhecido senso material daquilo que aparentamos ser, nossa identidade como criação de Deus é, na verdade, espiritual, isenta de idade e nós podemos cada vez mais compreender que isso é real agora mesmo.

No livro Retrospecção e Introspecção, Mary Baker Eddy, a Descobridora e Fundadora da Ciência Cristã, descreve a verdadeira identidade de todos os homens, mulheres e crianças, da seguinte forma: “O homem real não vem do pó, nem foi jamais criado por meio da carne; pois seu pai e sua mãe são o Espírito único e uno, e seus irmãos são todos os filhos do mesmo progenitor, o bem eterno” (p. 22).

Pode parecer difícil aceitar que nossa verdadeira identidade é espiritual e, portanto, inextinguível e ilimitada. Mas, o desejo de ver e aceitar um pouco mais desse fato espiritual, a cada dia, faz com que sigamos esta encorajadora declaração de Cristo Jesus: “O que é nascido do Espírito é espírito” (João 3:6).

Tal como minha amiga constatou, a disposição de aceitar essa maravilhosa verdade, essa profunda dádiva, é a base de poderosa oração, à qual ela se dedicou, com relação à sua necessidade de emprego. Ao considerar essas ideias em oração, logo chegou o dia em que lhe foi oferecido um emprego, que veio a ser muito mais gratificante do que ela esperava.

Deus, o Espírito, nos ama e nunca nos vê como reféns das limitações da matéria. Ele nos conhece como Suas ideias espirituais, livres de restrições. Com gratidão, cada um de nós também tem a capacidade de identificar a si mesmo dessa maneira, e de discernir cada vez mais o infinito valor que temos para Deus e uns para os outros.

TENHA ACESSO A MAIS ARTIGOS TÃO BONS COMO ESTE!

Bem-vindo ao Arauto-Online, o portal dO Arauto da Ciência Cristã. Esperamos que tenha gostado deste artigo que foi partilhado com você.

Para ter acesso total aos Arautos, ative sua conta usando seu número de assinante do Arauto impresso, ou assine JSH-Online ainda hoje!

More in this issue / outubro de 2019

A Missão dO Arauto

Quando Mary Baker Eddy estabeleceu o Arauto em 1903, ela disse que sua missão era a de "anunciar a atividade e a disponibilidade universal da Verdade" (The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany, p. 353).

O Arauto registra, em suas páginas, a transformação que ocorre na vida de muita gente e mostra que cada um de nós pode chegar à Verdade.

Que alegria pensar que o efeito da Verdade atua na consciência humana, trazendo cura e renovação! Nosso Mestre, Cristo Jesus, nos prometeu algo que de fato está se cumprindo: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32).

Cyril Rakhmanoff, O Arauto da Ciência Cristã, edição de julho de 1998
Conheça melhor O Arauto e sua missão.