Skip to main content
Original para a Internet

A salvo em qualquer lugar

Da edição de junho de 2018 dO Arauto da Ciência Cristã

Publicado anteriormente como um original para a Internet em 9 de abril de 2018.


Recentemente, fui levado a relembrar o ano em que servi no exército, no Vietnã. Eu estava em uma missão militar e fui escalado para ocupar uma área que ficava a algumas milhas ao sul da Zona Desmilitarizada. Todas as noites, durante os primeiros meses da minha missão, nossa base sofreu ataques de mísseis de longa distância, lançados de um local que ficava para além da Zona Desmilitarizada. Sem aviso prévio, saraivadas de mísseis explodiam nas proximidades de onde estávamos e nós corríamos desesperadamente, buscando abrigo em um bunker adjacente. Não preciso dizer que isso nos deixava com os nervos à flor da pele.

Contudo, durante todo aquele tempo efetivamente nunca senti que havia iminente ameaça, nem para mim nem para os homens que serviam comigo na base. Eu atribuo aquela calma ao entendimento que obtivera da Bíblia e dos ensinamentos da Ciência Cristã, a respeito do poder protetor decorrente de saber que “vivemos, e nos movemos, e existimos” na presença de Deus (Atos 17:28). Essa presença divina do Espírito é mencionada na Bíblia por símbolos como: refúgio, fortaleza, asas e escudos (ver Salmos 91). Fomos realmente protegidos do “terror noturno” durante aqueles ataques, que após um período cessaram completamente.

Diante dos relatos diários que a mídia nos apresenta hoje em dia, de atos de violência, terrorismo e desastres naturais, muita gente pergunta: “Onde está Deus? Onde está aquele preservador da vida e da paz?”

A pergunta se justifica. Para nosso senso material, o perigo parece desenfreado. Mas justamente isso me levou a reafirmar que Deus, o Espírito, não está ausente nem está distante nos dias de hoje, como também não estava naquelas noites caóticas na base militar em que servi. Localização e circunstâncias não interferem na onipresença de Deus, o Espírito divino que mantém a salvo a sua criação espiritual. E isso inclui cada um de nós. Por isso, mesmo quando nos deparamos com medo ou perigo, e nos volvemos a esse Deus invariável, imutável, e quando compreendemos nossa verdadeira natureza como a expressão espiritual da bondade de Deus, encontramos proteção e uma sensação de estar a salvo, sem medo. 

Resumindo, podemos confiar naquilo que a Bíblia promete, sabendo que não são meras relíquias desbotadas pelo tempo, mas indicadores contemporâneos de uma proteção que ainda está presente e, na qual se pode depositar confiança, nos dias de hoje.

TENHA ACESSO A MAIS ARTIGOS TÃO BONS COMO ESTE!

Bem-vindo ao Arauto-Online, o portal dO Arauto da Ciência Cristã. Esperamos que tenha gostado deste artigo que foi partilhado com você.

Para ter acesso total aos Arautos, ative sua conta usando seu número de assinante do Arauto impresso, ou assine JSH-Online ainda hoje!

More in this issue / junho de 2018

A Missão dO Arauto

Quando Mary Baker Eddy estabeleceu o Arauto em 1903, ela disse que sua missão era a de "anunciar a atividade e a disponibilidade universal da Verdade" (The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany, p. 353).

O Arauto registra, em suas páginas, a transformação que ocorre na vida de muita gente e mostra que cada um de nós pode chegar à Verdade.

Que alegria pensar que o efeito da Verdade atua na consciência humana, trazendo cura e renovação! Nosso Mestre, Cristo Jesus, nos prometeu algo que de fato está se cumprindo: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32).

Cyril Rakhmanoff, O Arauto da Ciência Cristã, edição de julho de 1998
Conheça melhor O Arauto e sua missão.