Skip to main content Skip to search Skip to header Skip to footer

O amor de Deus

Da edição de janeiro de 2001 dO Arauto da Ciência Cristã


— Como é o amor de Deus?
à mamãe eu perguntei.
— É muito mais profundo
do que qualquer oceano deste mundo.

— É tão grande o amor de Deus?
ao papai eu perguntei.
— Olha o céu, que esplendor!
O amor de Deus é bem maior.

— Como posso perceber
esse amor tão grande assim?
A mim mesma perguntei.
Vejo a luz, sinto o calor,
Assim percebo que Deus é Amor.

— O que tenho de fazer,
pra Deus sempre me
querer?
O papai ouviu e disse:
— O amor de Deus
jamais acaba,
por mal nenhum desaba.

— Mas, se eu não me
comportar,
mesmo assim Deus vai
me amar?
— Ele vê só a luz,
só o bem.
Ele só vê o brilho que
de ti vem.

— Como posso ter certeza
que Deus me ama, mamãe?
— Ao amor de Deus tudo confia,
e presta atenção, na vida,
às bênçãos de cada dia.*

TENHA ACESSO A MAIS ARTIGOS TÃO BONS COMO ESTE!

Bem-vindo ao Arauto-Online, o portal dO Arauto da Ciência Cristã. Esperamos que tenha gostado deste artigo que foi partilhado com você.

Para ter acesso total aos Arautos, ative sua conta usando seu número de assinante do Arauto impresso, ou assine JSH-Online ainda hoje!

More in this issue / janeiro de 2001

A Missão dO Arauto

Quando Mary Baker Eddy estabeleceu O Arauto em 1903, ela disse que sua missão era a de "anunciar a atividade e a disponibilidade universal da Verdade" (The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany, p. 353).

O Arauto registra, em suas páginas, a transformação que ocorre na vida de muita gente e mostra que cada um de nós pode chegar à Verdade.

Que alegria pensar que o efeito da Verdade atua na consciência humana, trazendo cura e renovação! Nosso Mestre, Cristo Jesus, nos prometeu algo que de fato está se cumprindo: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32).

Cyril Rakhmanoff, O Arauto da Ciência Cristã, edição de julho de 1998
Conheça melhor O Arauto e sua missão.