Skip to main content Skip to search Skip to header Skip to footer
Original para a Internet

Para jovens

Uma cura durante o lockdown

DO Arauto da Ciência Cristã. Publicado on-line – 20 de julho de 2020


Parecia uma noite normal para treinar basquete em frente à minha casa. Eu tinha visto um jogador de basquete, na Internet, e queria tentar repetir uma de suas jogadas. Consistia em passar a bola em meio às pernas, enquanto fazia um giro de 180 graus, e finalizar o arremesso para trás. Tentei algumas vezes, mas não consegui acertar. Saltei novamente para tentar arremessar a bola mas, ao aterrissar, pisei com o pé esquerdo, de maneira bem torta, na beirada de uma mureta. Caí no chão com muita dor.

De algum modo, consegui me levantar e manquejar para dentro de casa. Assim que entrei, joguei-me no chão, chamando meus pais. Com a ajuda deles, consegui chegar até o sofá e me deitar.

A oração sempre me ajudou a sair de situações difíceis, portanto, eu sabia que queria orar a respeito daquele problema. Minha mãe telefonou para um Praticista da Ciência Cristã e pediu-lhe que orasse conosco. Depois, reuniu alguns exemplares do Christian Science Sentinel para eu ler. O Sentinel está cheio de ideias sanadoras, bem como de testemunhos de pessoas que tiveram curas, ao compreender mais a respeito de Deus. Então, comecei a ler, buscando uma ideia que pudesse me ajudar a orar.

Li inúmeros testemunhos, mas parecia que nenhum deles realmente se aplicava à minha situação. Além disso, não conseguia deixar de lado a frustração e a decepção. Vinham-me à mente pensamentos como: “Por que isso aconteceu comigo?” Treinar basquete e fazer exercício eram as únicas distrações durante o lockdown. Agora, não havia nada para eu fazer, porque nem mesmo podia andar.

No entanto, continuei a ler, até que finalmente algo me impressionou. Era o artigo de uma mulher que comprara um carro novo junto com o marido, mas eles tinham só uma chave. Diversas vezes ela disse ao marido que ele deveria mandar fazer uma chave de reserva, mas ele ignorou esse conselho. Ele acabou perdendo a chave e a mulher começou a criticá-lo. Mas, então, ela percebeu que aquela atitude de retidão própria não traz a cura. Por estar criticando, ela não conseguia ouvir a orientação de Deus.

Depois de ler esse artigo, ficou claro para mim que eu me queixara sem parar, desde o momento em que machucara o tornozelo. Com todo aquele queixume, como poderia eu ouvir alguma ideia sanadora de Deus? Eu sabia que Deus está sempre falando comigo. Deus é o bem; as ideias que vêm dEle, portanto, são sempre boas e trazem paz e cura. O que eu precisava fazer era apenas parar de ouvir aqueles pensamentos de frustração e decepção e, em vez disso, sintonizar-me com aquilo que Deus estava dizendo.

Apeguei-me a essa ideia durante vários dias. Quando percebia que estava me queixando, eu me lembrava de que reclamar era justamente o que me impedia de ouvir as mensagens de Deus. Em vez disso, aproveitava esses momentos para tentar ouvir a Deus. Quando prestava atenção, ouvia a Deus me assegurando de que Ele tinha um caminho para mim e de que eu podia confiar nEle. Ao me sintonizar cada vez mais com essas boas mensagens, a frustração e todos os pensamentos negativos se dissiparam.

Três dias depois, já conseguia andar perfeitamente e estava de novo me exercitando no basquete, correndo e arremessando a bola.

Sou imensamente grato por essa experiência e pela nova compreensão de como ouvir a Deus de modo mais eficaz.

More web articles

A Missão dO Arauto da Ciência Cristã 

“...anunciar a atividade e disponibilidade universal da Verdade...”

Mary Baker Eddy, The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany [A Primeira Igreja de Cristo, Cientista, e Outros Textos], p. 353

Conheça melhor O Arauto da Ciência Cristã  e sua missão.