Skip to main content
Original para a Internet

A repercussão da oração inspirada na Verdade

DO Arauto da Ciência Cristã . Publicado on-line – 15 de janeiro de 2019


Em algum momento, a maioria de nós provavelmente já viu o que acontece quando um barco desliza no mar: uma onda se forma em sua esteira, resultando em uma série de ondulações decrescentes na superfície da água. Ou quando atiramos uma pedrinha em um lago, e vemos vários círculos a espalhar-se como efeito dessa simples ação.

Na Ciência divina aprendemos que, ao entender um pouco da Verdade divina onipotente, vemos um resultado similar. Derramar um pouco da clara percepção da totalidade da Verdade, no aparente “oceano” da crença mortal, dissipa, com majestade e poder, o pensamento falso, resultando em cura. Isso elimina os medos e acalma as tempestades da agitação da vida diária, e o efeito de percebermos a constante presença da Verdade, como círculos na água, tem longo alcance. Mary Baker Eddy, a Descobridora e Fundadora da Ciência Cristã, escreve em Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras: “O ‘cicio tranquilo e suave’, a voz do pensamento científico, se estende sobre continentes e oceanos, até as extremidades mais remotas do globo” (p. 559).

Cristo Jesus exemplificou esse poderoso pensamento científico. Ciência e Saúde o menciona como o mais científico de todos os homens. Ele ensinou aos seus seguidores o poder da Verdade e do Amor divinos, e respaldou seus ensinamentos, comprovando-os de maneira prática. Como resultado, as notícias de seu ministério de cura se disseminaram por todo lado, e as multidões vinham a ele para serem curadas.

A Sra. Eddy era uma devota estudante da Bíblia e pesquisou as Escrituras para entender o poder sanador subjacente aos ensinamentos e ações de Cristo Jesus. O que ela descobriu se propagou por todo lado, em sua época, e continua em ondulações ao longo dos tempos. Como ela explica em Ciência e Saúde: “Há muitos anos, a autora fez uma descoberta espiritual, cuja evidência científica se tem acumulado para provar que a Mente divina produz no homem saúde, harmonia e imortalidade. Gradativamente essa evidência acumulará ímpeto e clareza, até alcançar o ponto culminante da declaração e comprovação científica” (p. 380).

Em nossa experiência individual, nós mesmos também podemos ser testemunhas da dinâmica sanadora que advém do entendimento e comprovação das leis do Princípio divino. Deus é Tudo, é o único poder, e Seu poder é tão grandioso, que o efeito resultante de se compreender ainda que seja uma só verdade espiritual, se espalha para além da necessidade imediata e cura outras dificuldades no seu rastro.

Lembro-me de uma época em que várias verrugas feiosas apareceram em uma das minhas mãos. Senti-me impelida a ler a história de uma mulher flagrada em adultério e levada por seus acusadores à presença de Jesus, para que ela fosse punida com o apedrejamento, que era imposto naquela época (ver João 8:1–11).  

Jesus disse aos acusadores da mulher: “Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra”, e, um a um, eles todos se retiraram. O ódio e os motivos cruéis que haviam desencadeado aquelas ações foram neutralizados. Para a mulher Jesus disse: “vai e não peques mais”, libertando-a e dando a ela a oportunidade de se reformar.

Essa ideia vinha reverberando ao longo das épocas até chegar a mim, e eu senti seu efeito! Toda a crença de que somos mortais pecadores não tem raízes nem base na realidade espiritual e parece contradizer o fato espiritual de que na verdade somos inocentes e sem pecado, o reflexo espiritual de Deus. Nosso desejo de alinhar nossa vida com a compreensão mais elevada de nossa natureza espiritual, como filhos de Deus, traz a libertação de punições aparentemente impostas a nós, traz redenção e cura.  

À medida que orei dessa forma, não apenas desapareceu um senso de vergonha e ressentimento que estava em mim com relação a uma situação ocorrida anteriormente, mas também as próprias verrugas começaram a sumir rapidamente até acabarem de vez. Mas não foi só isso. O efeito de eu ter compreendido de maneira mais completa somente essa verdade da minha eterna natureza sem pecado, por ser filha de Deus, teve para mim ainda outro resultado muito mais vasto!

É muito reconfortante conhecer o efeito profundo de toda oração individual, que afirma a verdade a respeito de Deus e do homem.

Eu tinha desde criança cicatrizes nas pernas devido à explosão de uma caldeira na nossa casa. Eu recebera o impacto da água fervente. Na época disseram aos meus pais que eu ficaria com cicatrizes pelo resto da vida, e parecia ser esse o caso. 

Mas, ao mesmo tempo em que as verrugas desapareceram, notei, para minha surpresa, que as cicatrizes, que haviam sido muito visíveis nas pernas por tanto tempo, também começaram a desbotar e finalmente sumiram. Eu não havia orado pelas cicatrizes em nenhum momento, mas as verdades que eu vinha afirmando a respeito de minha verdadeira identidade também curaram, em suas ondulações, aquelas marcas. Eu fiquei cheia de reverência e gratidão. 

Mas logo depois, ao contar à minha nora o quanto eu estava feliz, disse com a voz cheia de alegria: “Não é maravilhoso? Tive aquelas cicatrizes durante meio século!” Sua resposta me surpreendeu. Ela disse simplesmente: “E por que levou tanto tempo?” 

Sei que esse comentário foi bem-intencionado (ela ficou contente de saber da minha cura), mas me fez pensar. Percebi que eu havia aceitado o veredicto dado pelo médico havia tantos anos, como se fosse uma realidade a respeito de quem eu era, o resultado de algo que tinha me acontecido. Mas à medida que compreendi que a história mortal não é parte de nossa verdadeira identidade espiritual e declarei meu status verdadeiro como uma pura e perfeita ideia de Deus, as ondulações daquela pedrinha da verdade tiveram um efeito abrangente, eliminando a sugestão de que a filha de Deus pudesse ser de algum modo deformada. 

É muito reconfortante conhecer o efeito profundo de toda oração individual, declarando a verdade a respeito de Deus e do homem. Podemos às vezes não saber o alcance de nossas orações, mas podemos ter certeza de que, quando são inspiradas pela Verdade divina, os efeitos sanadores se seguirão em seu rastro.

More web articles

A Missão dO Arauto

Quando Mary Baker Eddy estabeleceu o Arauto em 1903, ela disse que sua missão era a de "anunciar a atividade e a disponibilidade universal da Verdade" (The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany, p. 353).

O Arauto registra, em suas páginas, a transformação que ocorre na vida de muita gente e mostra que cada um de nós pode chegar à Verdade.

Que alegria pensar que o efeito da Verdade atua na consciência humana, trazendo cura e renovação! Nosso Mestre, Cristo Jesus, nos prometeu algo que de fato está se cumprindo: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32).

Cyril Rakhmanoff, O Arauto da Ciência Cristã, edição de julho de 1998
Conheça melhor O Arauto e sua missão.