Skip to main content
Original para a Internet

Para jovens

Livre do estresse, agora mesmo

DO Arauto da Ciência Cristã . Publicado on-line – 4 de junho de 2019


Você está na contagem regressiva? Pelo menos nos Estados Unidos, a maioria dos adolescentes que conheço está contando os dias que faltam até poder “parar de se sentir estressado”, como disse um de meus amigos. “Falta só uma redação, falta um projeto e cinco provas finais para fazer.” Este é um refrão bastante comum em qualquer período do ano escolar: que o estresse só acaba depois de ter entregado todos os trabalhos escritos, e feito todas as provas. Mas, que tal se você conseguisse se livrar do estresse, mesmo antes dos exames?

Para isso é necessário ver as coisas a partir de uma perspectiva completamente diferente. Basta perguntar à minha amiga Kaily, uma Cientista Cristã que está terminando o 3º ano do ensino médio. O que ela aprendeu a respeito de Deus, e da própria relação com Ele, fez uma enorme diferença na maneira de ela resolver situações estressantes na escola. Aqui está a história dela em suas próprias palavras:

“Eu estava no segundo ano e estava na turma avançada de inglês, que era muito puxada, com trabalhos e testes difíceis, e o professor era bastante exigente.

“Íamos fazer um teste com oitenta questões, que incluíam analisar literatura, juntamente com perguntas superdetalhadas sobre análises e técnicas literárias. Até o dia do teste, eu não pensei no assunto espiritualmente; nem um pouco. Eu havia aprendido na Escola Dominical da Ciência Cristã que posso orar a respeito de tudo na vida mas, nesse caso, eu não havia orado, estava simplesmente muito preocupada com o teste. Havia passado bastante tempo estudando mas, nessa matéria, isso não garantia uma boa nota.

“Minha aula era às sete da manhã. Eu estava cansada e nervosa e quase entrando em pânico. Logo nas primeiras cinco questões já vi que iria fracassar. Estava preocupada só com essas coisas que as pessoas dizem que são importantes: se havia dormido o suficiente, se me alimentara bem de manhã, e se havia estudado o necessário.

“Nesse momento, logo depois da quinta questão, percebi que estivera enfrentando o assunto de forma errada. Dei-me conta de que todo aquele estresse estava acontecendo, porque eu achava que, para ser bem-sucedida, cabia a mim ser bastante inteligente, me dedicar bastante e viver de acordo com a ‘regra’ de como fazer tudo certo.

“Foi então que inverti completamente minha maneira de pensar sobre o teste. Rememorei o que sabia a respeito de Deus. Eu aprendera que existe um só Deus, que é a Mente, ou seja, existe uma única inteligência. Sabia também que sou o reflexo de Deus, e assim, sou essa inteligência divina a se expressar em mim. Sou uma expressão ilimitada dessa única Mente.

“Literalmente parei de escrever, fechei os olhos, e pus toda a confiança em Deus. Confiei nessa Mente única e inteligência única. Acalmei-me no mesmo instante, todo o estresse desapareceu, e voltei a trabalhar no teste. Ao acabar, vi que fora difícil mas, ao mesmo tempo, senti-me muito bem.

“Na semana seguinte, recebemos os resultados. Não apenas a nota, mas uma ficha mostrando exatamente as questões que havíamos acertado e as que havíamos errado. As questões de um a cinco, eu errara todas. Da número seis à número oitenta, tinha acertado todas. Fiquei maravilhada, pois a mudança no resultado aconteceu exatamente quando eu parei de estar centrada em mim, e confiei em Deus.

“Ainda estudo bastante antes das provas, mas essa experiência mudou de modo definitivo a minha forma de enfrentar testes e outras situações estressantes na escola.”

Muito interessante, não é? E o que gosto na história de Kaily é que é um exemplo daquilo que todos nós podemos constatar em nossa vida, pois o que é verdadeiro a respeito de Deus e de nós próprios, como reflexos de Deus, é verdadeiro para todos e tem resultados práticos que todos podemos alcançar.

Desenvolver nossa confiança em Deus, a Mente, e compreender que somos de fato a completa expressão dessa Mente, é um constante processo de aprendizagem. Mas não é surpreendente descobrir que não temos de esperar por uma mudança nas circunstâncias, nem pelo fim do ano letivo, para viver sem estresse? A dádiva da Ciência Cristã, e tudo o que ela ensina com relação à nossa verdadeira identidade, espiritual e ilimitada, é que podemos nos libertar da angústia e pressão nos estudos, não apenas quando soa a campainha pela última vez antes das férias, mas agora mesmo.

More web articles

A Missão dO Arauto

Quando Mary Baker Eddy estabeleceu o Arauto em 1903, ela disse que sua missão era a de "anunciar a atividade e a disponibilidade universal da Verdade" (The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany, p. 353).

O Arauto registra, em suas páginas, a transformação que ocorre na vida de muita gente e mostra que cada um de nós pode chegar à Verdade.

Que alegria pensar que o efeito da Verdade atua na consciência humana, trazendo cura e renovação! Nosso Mestre, Cristo Jesus, nos prometeu algo que de fato está se cumprindo: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32).

Cyril Rakhmanoff, O Arauto da Ciência Cristã, edição de julho de 1998
Conheça melhor O Arauto e sua missão.