Skip to main content Skip to search Skip to header Skip to footer
Original para a Internet

Nunca sem pai ou mãe

DO Arauto da Ciência Cristã. Publicado on-line – 11 de agosto de 2022


Muito do que lemos e ouvimos nas manchetes está relacionado a um senso de separação: crianças sendo retiradas de seus pais, suicídios decorrentes de um sentimento de distanciamento, divisão racial e mulheres sendo desrespeitadas. Parece que estamos enfrentando uma difícil batalha por amor e união.

Isso me levou a parar e pensar sobre o que aprendi na Ciência Cristã, a respeito do Amor, Deus, como Pai-Mãe amoroso que nos acolhe para sempre no Seu cuidado. Essa ideia tem um significado muito importante para mim desde a infância, porque perdi meu pai quando era muito pequena. A Oração do Senhor, que Jesus nos deu, começa assim: “Pai nosso, que estás nos céus” (Mateus 6:9). Minha mãe com frequência me lembrava que meu Pai divino estava sempre presente, cuidando de mim. Eu acolhi essa ideia com tanta sinceridade, que uma vez escrevi “Deus” em um formulário da escola que pedia o nome dos meus pais.

Em Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras, a fundadora do The Christian Science Monitor, Mary Baker Eddy, escreveu: “Deus, o Princípio divino do homem, e o homem à semelhança de Deus, são inseparáveis, harmoniosos e eternos… Deus é a Mente progenitora, e o homem é o progênito espiritual de Deus” (p. 336). Esse trecho me ajudou a ver que as ternas qualidades de nosso Pai-Mãe Deus estão de fato sempre disponíveis para nós, não importa nossa idade ou situação, porque, como filhos de Deus, como expressão espiritual de Deus, nunca estamos separados dEle, do bem.

A tendência natural de qualquer bebê é responder a um som que seus pais façam. Uma doce canção de ninar ou um murmurar afetuoso o acalma e lhe dá segurança. Assim é também com os filhos de Deus, que são continuamente confortados com inspirações sanadoras de nosso divino Pai-Mãe. Ouvir e obedecer a essas inspirações nos mantém a salvo, em segurança, e nos permite ver como nosso Pai infinito e todo-sábio está cuidando de nós de muitas maneiras que não conseguimos nem imaginar.

A Bíblia retrata esse tipo de cuidado na história de Moisés. Ele certamente nunca havia sonhado que seria o líder de uma nação, mas uma série de eventos inesperados, e seu humilde ouvir a Deus, o colocaram na posição de guiar os israelitas para fora do cativeiro do Egito. Ele não tinha GPS, só uma fé inabalável na orientação de Deus. Em determinado ponto, eles deram de encontro com o Mar Vermelho, e o exército egípcio, o maior do mundo, estava nos seus calcanhares. Aqueles que eram liderados por Moisés tinham diversas opiniões: muitos queriam desistir e voltar ao cativeiro, e outros o criticavam por tê-los guiado para o que parecia inevitável destruição. Quem, entre eles, poderia ter previsto o resultado: o Mar Vermelho se abrindo para que pudessem passar em segurança, em chão seco?

Da mesma forma, hoje em dia, é possível que nem sempre enxerguemos a solução para determinados problemas, mas podemos confiar nesse mesmo poder. Ciência e Saúde explica: “O Amor divino sempre satisfez e sempre satisfará a toda necessidade humana. Não é bom imaginar que Jesus tenha demonstrado o poder divino de curar somente para um número seleto de pessoas ou por um período de tempo limitado, pois para toda a humanidade e a todo momento o Amor divino propicia todo o bem” (p. 494).

O Amor divino, nosso Pai-Mãe Deus, supre todo o bem a cada um de nós, continuamente. Isso inclui indivíduos no governo, imigrantes, os marginalizados, os infelizes — todos! A cada momento, em todas as situações, o amor de nosso divino Pai-Mãe está exatamente ali, nos envolvendo. Quando reconhecemos esse fato, revogam-se a raiva, o desânimo e a tristeza, e assim podemos sentir uma alegria e uma paz mais completas, e perceber soluções com as quais nem tínhamos sonhado. Podemos ter a certeza, como crianças confiantes, do cuidado e da orientação do Amor.

Nenhuma pessoa, nenhum governo, nenhuma lei pode nos separar de nosso Pai-Mãe Deus sempre presente. Como filhos e filhas de Deus, membros da Sua família divina, podemos confiar no Amor divino para amparar nossos irmãos e irmãs. Em vez de apenas ficarmos deprimidos ou irritados com as manchetes, nossos pensamentos, orações e ações são mais eficazes e benéficos quando deixamos o eterno amor de Deus por Sua criação nos guiar e levar adiante.

More web articles

A Missão dO Arauto da Ciência Cristã 

“...anunciar a atividade e disponibilidade universal da Verdade...”

Mary Baker Eddy, The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany [A Primeira Igreja de Cristo, Cientista, e Outros Textos], p. 353

Conheça melhor O Arauto da Ciência Cristã  e sua missão.