Skip to main content Skip to search Skip to header Skip to footer
Original para a Internet

Cura de um problema hereditário na pele

DO Arauto da Ciência Cristã. Publicado on-line – 16 de maio de 2022


Nosso primeiro filho era um bebê muito feliz e risonho, e antes de saber andar ria mais ainda quando fazia sua cadeirinha de balanço balançar bem alto. Essa alegria foi interrompida por uma irritação na pele, e que se espalhou rapidamente por todo seu corpinho, da cabeça aos pés. Fizemos de tudo para que nosso querido bebê se sentisse confortável, mas por um tempo as coisas pioraram. 

Como Cientistas Cristãos, estávamos acostumados a nos apoiar na oração para a cura, e tínhamos muitas provas do cuidado terno e amoroso de Deus em situações difíceis. Agora, como jovens pais, desejávamos dar a nosso filho o mesmo cuidado no qual confiávamos.

Lembramos que esse mesmo tipo de irritação na pele incomodara anteriormente pessoas nos dois lados de nossa família. Quando menina, minha mãe sofrera esporadicamente com esse problema durante muitos anos. Foi curada quando conheceu a Ciência Cristã, já adulta. Seu relato de cura, sob o nome de Lorna D. Gerbing, foi publicado no Sentinel de 24 de março de 1986.

Percebemos que o argumento a respeito da natureza hereditária desse problema era muito forte, e mentalmente rejeitamos essa alegação a respeito de nosso filho. Estes trechos de Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras nos serviram de apoio: “A hereditariedade não é lei” (p. 178) e “Deus é a Mente progenitora, e o homem é o progênito espiritual de Deus” (p. 336). Essas afirmações sólidas sobre a verdade espiritual foram escritas por Mary Baker Eddy, que dedicou a vida a descobrir as leis que Cristo Jesus ensinara e praticara, para compartilhá-las com os que necessitavam delas.

Jesus curou um homem cego de nascença ao refutar o conceito material de hereditariedade. Ao responder aos que perguntaram “…quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?” Jesus foi enfático ao afirmar: “…Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus” (João 9:2, 3).

Foi reconfortante recitar para nosso filhinho um verso para crianças pequenas, escrito por Mary Baker Eddy:

Pai-Mãe Deus,
que por mim tens amor,
protege-me quando eu durmo;
guia meus pezinhos
para o alto, para Ti.
(Escritos Diversos 18831896, p. 400)

Perseveramos em reconhecer a ascendência espiritual de nosso filho, como gerado por seu Pai-Mãe Deus, e que só podia herdar, por reflexo, o bem que provém de Deus. As evidências do problema diminuíram e finalmente desapareceram por completo.

Alguns anos mais tarde, nosso filho mais moço, que estava cursando o ensino médio, apresentou os mesmos sintomas do problema de pele, porém mais amenos. Mais uma vez, nosso firme reconhecimento de sua filiação divina, desvinculada de um histórico familiar, conduziu a uma cura completa.

Nossos filhos têm agora seus próprios filhos entrando na idade adulta, e nunca mais houve nenhum tipo de problema de pele em nossa família. A suposta cadeia hereditária foi rompida, e mais uma vez o terno e amoroso cuidado de Deus por todos os Seus filhos prevaleceu.

A lembrança do desconforto na terna infância desapareceu para nosso filho mais velho, mas a doçura da cura permaneceu com ele. Hoje em dia, quando viaja pelo mundo a negócios, com frequência recorda, ao adormecer, um verso “para as crianças pequenas”, da Sra. Eddy, e continua a encontrar conforto nessa mensagem.

Holly Gerbing Harrington
Kalamazoo, Michigan, EUA

More web articles

A Missão dO Arauto da Ciência Cristã 

“...anunciar a atividade e disponibilidade universal da Verdade...”

Mary Baker Eddy, The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany [A Primeira Igreja de Cristo, Cientista, e Outros Textos], p. 353

Conheça melhor O Arauto da Ciência Cristã  e sua missão.