Skip to main content Skip to search Skip to header Skip to footer
Original para a Internet

Nosso socorro sempre presente durante as crises

Da edição de agosto de 2020 dO Arauto da Ciência Cristã

Publicado anteriormente como um original para a Internet em 1º de junho de 2020.


Em 2001, na cidade de Hutchinson, no estado do Kansas, ocorreu uma crise. No meio da manhã, gêiseres escaldantes de gás e de água começaram a entrar em erupção em toda a cidade.

Como prefeito, fui imediatamente notificado e corri para o centro da cidade, ao centro de operações de emergência. Ninguém sabia como essa erupção acontecera, nem como detê-la. O evento foi trágico, houve mortes, edifícios no centro da cidade foram destruídos, e tivemos de dar ordens para que centenas de casas nas áreas afetadas fossem evacuadas. Ainda assim, o que aconteceu ao longo dos dias e semanas seguintes não me deixou nenhuma dúvida quanto à verdade destas palavras da Bíblia: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações” (Salmos 46:1).

Sempre fui Cientista Cristão, a vida inteira. A Ciência Cristã oferece uma explicação científica para as palavras e obras de Cristo Jesus, o melhor sanador que o mundo já conheceu. Aliás, Jesus ensinou aos seus seguidores que eles também precisavam ser sanadores, evidenciando o que ele provou sem reservas, ou seja, que Deus é “socorro bem presente nas tribulações”. Portanto, naquela manhã, enquanto acelerava o carro rumo ao centro da cidade, o meu pensamento foi imediatamente para Deus, afirmando que Ele é a Mente divina, e que eu e todos os cidadãos somos ideias dessa Mente e filhos de Deus, todos amorosamente cuidados e protegidos, naquele exato momento. Permanecer firme, sabendo que há e só pode haver um único poder onipotente e controlador, foi um verdadeiro teste de determinação espiritual e de fé.

Deus, o bem, é Tudo-em-tudo e não há nenhum outro poder, nenhuma outra presença.

Uma passagem da Bíblia sobre a qual refleti muito naquela ocasião diz: “Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo” (Isaías 43:19). Durante as semanas seguintes, como toda a minha atenção estava voltada para o bem-estar dos nossos cidadãos, mantive essa promessa muito próxima do meu coração. Eu estava empenhado em nunca perder de vista o fato de que Deus estava pondo um caminho no deserto e de que eu podia ver “rios no ermo”. E eu podia testemunhar como a consciência divina estava presente e era mais poderosa do que as circunstâncias materiais extremas que eu estava vendo 24 horas por dia.  

A Descobridora e Fundadora da Ciência Cristã, Mary Baker Eddy, aprendeu com o ministério de Jesus, bem como com sua própria experiência, que o Amor é a resposta para todas as necessidades humanas. Em seu livro Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras, ela escreve: “Aquela mesma circunstância que teu senso sofredor considera ameaçadora e aflitiva, o Amor pode converter em um anjo que acolhes sem o saberes” (p. 574). Por mais poderosa e violenta que fosse a situação material que nos era apresentada, eu sabia que o Amor divino, por meio de pensamentos angelicais, estava presente e era mais poderoso do que qualquer evidência de desarmonia. Nas minhas visitas diárias aos cidadãos que se encontravam nos abrigos improvisados da cidade, fiz questão de deixar o Amor liderar o caminho, e de ouvir de maneira sincera, e receptiva, as necessidades e preocupações daqueles com quem falei. Também visitei, para ver o que mais eu podia fazer, os nossos serviços policiais e o corpo de bombeiros, que estavam ativos nos locais afetados, trabalhando 24 horas por dia. 

Ao longo de mais alguns dias, a desarmonia estava cedendo à harmonia. Ideias maravilhosamente criativas e inspiradas a respeito de como proceder durante a crise encontraram voz nos muitos funcionários empenhados e abnegados que trabalhavam na prefeitura. Essas ideias levaram às soluções que envolveram o serviço geológico estatal, o Exército dos Estados Unidos e até o Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. As explicações e soluções para essa crise vieram em rápida sucessão, muitas das famílias puderam retornar às suas casas e um novo senso de comunidade substituiu o medo e a perturbação. O amor prevaleceu, como sempre acontece.

“Deus, o Preservador do Homem” é o tema de uma das lições bíblicas semanais que constam do Livrete Trimestral da Ciência Cristã. Embora as provas a respeito dessa verdade fundamental possam muitas vezes parecer escassas no cenário humano, na medida em que nos mantemos fiéis aos fatos espirituais podemos cada vez mais testemunhar e melhor discernir o bem espiritual que está sempre presente. Deus ilumina a consciência humana a respeito da harmonia da Sua criação. Na realidade, Deus, o bem, é Tudo-em-tudo e não há nenhum outro poder, nenhuma outra presença. Deus governa, guarda e guia todas as ideias corretas, e essas ideias satisfazem a todas as necessidades humanas.

Há um versículo no livro de Malaquias, que declara: “Porque eu, o Senhor, não mudo; por isso, vós, …não sois consumidos” (3:6). Quanto mais sabemos sobre Deus, mais sabemos a respeito do nosso verdadeiro existir como o Seu reflexo. Quanto mais sabemos a respeito de Deus, mais vemos a Sua perfeição e o Seu poder, sendo manifestados em todos os aspectos da nossa vida. Quanto mais conhecemos a Deus, maior é a nossa capacidade de compreender e abençoar o nosso próximo por meio do espírito do Cristo, tanto aqueles que estão perto como os que estão longe. Isso foi comprovado em minha experiência no Kansas há muitos anos atrás. Aprendi que nenhuma crise pode nos paralisar e nos impedir de nos voltarmos de todo o coração a Deus, nosso “socorro bem presente nas tribulações”.

More in this issue / agosto de 2020

A Missão dO Arauto

Quando Mary Baker Eddy estabeleceu O Arauto em 1903, ela disse que sua missão era a de "anunciar a atividade e a disponibilidade universal da Verdade" (The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany, p. 353).

O Arauto registra, em suas páginas, a transformação que ocorre na vida de muita gente e mostra que cada um de nós pode chegar à Verdade.

Que alegria pensar que o efeito da Verdade atua na consciência humana, trazendo cura e renovação! Nosso Mestre, Cristo Jesus, nos prometeu algo que de fato está se cumprindo: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8:32).

Cyril Rakhmanoff, O Arauto da Ciência Cristã, edição de julho de 1998
Conheça melhor O Arauto e sua missão.