Skip to main content Skip to search Skip to header Skip to footer

Considerando os lírios

Da edição de abril de 1982 dO Arauto da Ciência Cristã


Tempo houve em que perfeição era estarem todos os pormenores de minha exígua esfera bem enquadrados, tecidos em toda sua estreiteza e somenos importância, dentro de algum amplo e artificial sentido das coisas, para que minha veste diária aparecesse e eu vestida estivesse! Que tolice! Com efeito, vestida! Desde quando o criador quis ter minha exígua esfera como molde de Sua amplidão, de Suas possibilidades! Aqueles pormenores e aqueles planos não passavam de intrusos nós e enredos de minha vaidade! Oh, desfaça essa vestimenta! Teça-a de novo! Expanda-se na liberdade de saber que não há nenhum fio para isolar-se ocupado demais ou por demais tenso para romper diante da possibilidade de expandir-se numa TÚNICA INCONSÚTIL — o molde que Ele criou em Sua sabedoria, — o molde sob medida para cada um de nós, — o molde bastante firme para ser confortável, suficientemente amplo para dar liberdade, e tão belo que estamos, em realidade (considerando os lírios), gloriosamente revestidos de Sua majestade! Barbara Burrows.

Faça o login para visualizar esta página

Para ter acesso total aos Arautos, ative uma conta usando sua assinatura do Arauto impresso, ou faça uma assinatura para o JSH-Online ainda hoje!

A Missão dO Arauto

“...para anunciar a atividade e disponibilidade universal da Verdade...”

— Mary Baker Eddy, The First Church of Christ, Scientist, and Miscellany p. 353 [A Primeira Igreja de Cristo, Cientista, e Outros Textos]

Conheça melhor O Arauto e sua missão.